sexta-feira, 17 de fevereiro de 2006

distribuição delicada

Beto Brant dirigindo Lílian Taublib em "Crime delicado". Foto Priscila Prade

"Eu já dialoguei com as grandes produtoras - não tenho nenhum problema em trabalhar com elas. O conflito começa a ocorrer quando há uma intervenção nos roteiros, que, às vezes, são desenvolvidos ao longo de um ano e são o ponto de partida dos longas. Não quero ter de entrar em acordo com distribuidoras para fazer meus filmes. Não gosto que tentem me enquadrar."

Beto Brant está lançando seu quarto longa-metragem, "Crime delicado", com roteiro baseado no romance homônimo de Sérgio Sant'anna. O filme foi distribuído inicialmente com apenas quatro cópias. Para abranger o circuito nacional sua produtora, a DramaFilmes, está lançando cópias por meio de exibição digital.

Nenhum comentário: