sábado, 16 de maio de 2015

sábado à noite

E porque hoje é sábado, um frame de Psicose (Psycho), de Alfred Hitchcock, 1960.

Janet Leigh e John Gavin discutem a relação. Ela quer casar, ele argumenta que financeiramente não pode. Precisa de um tempo pra pagar umas dívidas, se estruturar. Ela tem pressa, acha que ele tá enrolando. Entediada, querendo coisas novas em sua vida, toma "emprestado" uma grana da imobiliária em que trabalha, pega o carro e se manda meio assim "easy rider". Mal sabe que iria de encontro a Anthony Perkins no Bates Motel, moço charmoso e esquisito, que tem a mania de se vestir como mãe dele e de atacar com uma uma faca as mocinhas no banheiro.

Melhor a solidão dos sábados.

Nenhum comentário: