domingo, 17 de maio de 2015

o cinema onde estamos


Um dos poucos melhores filmes a que assisti nestes primeiros meses do ano, O tempo não existe no lugar onde estamos, encerrou hoje a Mostra Outros Cinemas, na Caixa Cultural, em Fortaleza.
Juntamente com o diretor do filme, o paraibano-cearense-mineiro
Dellani Lima, e do cineasta e professor Marcelo Ikeda, tive a honra de, a convite do organização do evento, mediar o debate após a sessão.

O tempo... é um exemplo de um cinema que não faz concessão à mediocridade dominante de filmes nacionais que repetem a "dramaturgia" televisiva.

Há vida inteligente, sim, na nova geração de cineastas brasileiros.

Aguardemos o filme ser lançado em salas que se prezem a uma boa programação.

Na foto de Rodolpho Soares, o ator André Gatti.

Nenhum comentário: