segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

o último poema

"Luciana, tudo isso é inútil. Me leva para Ipanema. Quero entrar no mar e ir embora."
- Um dos últimos apelos de Ferreira Gullar à filha.

Consciente da gravidade de seu estado de saúde, o poeta recusou a opção que lhe ofereceram de prolongar a vida artificialmente por meio de aparelhos.

Nenhum comentário: