terça-feira, 7 de junho de 2016

um ator por todos os tempos

Há ano o cinema perdeu o grande ator Christopher Lee, famoso por melhor encarnar o personagem Conde Drácula, criado por Bram Stoker.
O elegante artista inglês foi um dos mais versáteis e prolíferos protagonistas de todas as telas. E assim como um "doce vampiro”, atravessou o cinema em todos os tempos, com mais 200 filmes em exatos 70 anos de carreira.
Do legendário Drácula, passando por Scaramanga, arquiinimigo de James Bond em 007, Lee chegou aos anos 2000 atuando na trilogia O senhor dos anéis, vivendo o mago Saruman, além de filmes de Tim Burton, como A Lenda do Cavaleiro sem Cabeça, A Fantástica Fábrica de Chocolate e Sombras da Noite.
O ator, carismático em seu perfil de personagens assustadores, faleceu aos 93 anos, por insuficiência respiratória.
Ficará em nossa memória afetiva, ad aetenum, pelo tempo em que o cinema nos guarda.
(Que o horror dessa eternidade não aconteça com sua estampa genérica TEMERosa que cinicamente, com um golpe em nosso pescoço, ocupa as catacumbas do Jaburu)

Nenhum comentário: