terça-feira, 14 de junho de 2016

a leste do éden

foto Daniel Mordzinski

O poeta argentino Jorge Luis Borges dizia que sempre imaginava o Paraíso como uma espécie de livraria.

Hoje faz 30 anos que ele foi até ao Éden ver como está a repercussão de seus livros.

Nenhum comentário: