segunda-feira, 14 de novembro de 2005

quase roteiros




Andersen Viana é maestro-compositor, arranjador e produtor cultural. Especializou-se em Música para Cinema na Itália com Ennio Morricone e Polizzi. Recebeu 15 premiações por sua obra criativa (música e textos), no Brasil e exterior. Em 2001, sua obra foi objeto de Tese de Mestrado defendida na UNIRIO. Seu catálogo musical consta de 196 obras, abrangendo de canções populares à sinfonias, ópera e música para filmes. Possui um "Banco de Projetos" com variadas propostas artísticas e culturais. Além do Brasil, tem desenvolvido estudos e trabalhos na Bélgica, EUA, Suécia, Grécia, Honduras, Itália, França, Portugal, Rússia, República Tcheca e Reino Unido.
Esse breve currículo é para anunciar que o músico está lançando o livro "Contos cinematográficos Vol. I", e, segundo o autor, "tem como objetivo fazer chegar esse material nas mãos de quem poderá filmá-lo algum dia. São apenas 1.000 exemplares. Inclui um CD áudio - que seria trilha sonora do livro! - e que tem sua razão de ser no Pesadelo Búlgaro."

O livro traz fortes textos nos quais o autor procurou fundir palavras, música e imagem em algo que fosse inseparável desde o início. Em seus nove contos - que transitam entre o realismo fantástico, a ficção-científica e até o surrealismo -, o autor objetiva atingir não somente o público adulto especializado, mas também o amante das artes e o público jovem, pois o livro é múltiplo. Uma obra multi-estética e multicultural. É surpreeendente, embebido na rica tradição da literatura latino-americana e afirmando a excelência da criação literária brasileira. Ótima aquisição para os profissionais que transitam com desenvoltura no cinema, na literatura e na música. Disponível na Loja Virtual no site do autor: www.andersen.mus.br

Um comentário:

Anônimo disse...

Entrei no site de Andersen Viana, encomendei o Livro Contos Cinematográficos e logo o recebi em casa, uma maravilha esta facilidade de comprar pela internet. Rapidamente "devorei" o livro, gostei muito de tudo que li e agora espero ver logo estes contos no cinema. O último conto em especial - "Vida, Morte e Transfiguraçaõ de um Gato" -, enquanto lia, imaginei uma animação...