sábado, 22 de julho de 2017

y así pasan los sábados


O clássico bolero cubano Quizás, quizás, quizás, composto em 1947 por Osvaldo Farrés é uma das músicas mais gravadas do mundo. Há uma versão até em árabe, do cantor argelino Abdelkader Chaou, do começo dos anos 2000.
Foi na interpretação de Nat King Cole que a canção ganhou maior projeção internacional. O célebre cantor de voz aveludada fez muitos shows em clubes, casinos e teatros em Havana, na metade da década de 50, quando a ilha de Fulgêncio Batista era um balneário norte-americano. Nat gravou “uizás em 1958 no disco Cole español, e com o sucesso, seguiram mais dois álbuns com repertório latino-americano, turnês por três anos a bordo de luxuosos navios e palcos europeus.

A semente representativa da composição está no legendário Bueno Vista Social Club, ponto de encontro de jovens músicos na Havana dos anos 40: Compay Segundo, Ibrahim Ferrer, Omara Portuondo, Rúben González... Fechado na década de 50, foi reaberto no começo dos anos 90. E graças à percepção do guitarrista de blues Ry Cooder e o olhar do cineasta Wim Wenders que os “jovens velhinhos” foram revelados para as novas gerações. As filmagens do show dos remanescentes do Buena Vista no Carnegie Hall, em Nova Iorque, e em Armsterdan, e entrevistas, resultaram no documentário que leva o nome do clube, premiado no European Film Awards, e indicado ao Oscar em 1996.
A gravação de Quizás do vídeo abaixo é de 2005 nos estúdios EGREM de Havana, para o disco “mi sueño, de Ibrahim Ferrer. O septuagenário cantor convidou sua colega Omara e o jovem pianista de jazz Roberto Fonseca, revelação da música cubana, já com vários cds, e uma espécie de componente de um novo Buena Vista, que sem perder a referência e o cunho tradicionalista, aborda com reverência a música cubana numa visão moderna.
Quase todos buenavistenses já se foram. Somente Omara continua encantando seus boleros, na beleza de seus 86 anos.
Ibrahim Ferrer não viu Mi sueño lançado. Faleceu logo após a gravação, numa tarde de sábado...

Nenhum comentário: