terça-feira, 25 de agosto de 2015

sorria, você está sendo amado


"Ricardo III", 1955, dirigido e interpretado por Laurence Olivier.

"É preciso saber sorrir. A força do senso de humor faz com que até um monarca cruel como Ricardo III possa ter a simpatia de alguém. Se Shakespeare escreveu catorze comédias e pôs figuras cômicas em todas as suas peças, mesmo na sombria Macbeth, é porque ele sabia da enorme importância do riso na vida dos homens. Sorrisos amáveis, nunca sarcásticos, O sarcasmo é perverso, desprezível e desagregador."

Theófilo Silva, em seu livro "Shakespeare indignado", 2012.

Nenhum comentário: