quinta-feira, 30 de julho de 2015

a infância do cinema

“O privilégio da infância é podermos transitar livremente entre a magia da vida e os mingaus de aveia, entre um medo desmesurado e uma alegria sem limites.

Sentia dificuldade para distinguir entre o que era imaginado e o que era real. Se me esforçava, conseguia manter a realidade dentro dos limites, mas que fazer dos fantasmas e das almas penadas?


Foi quando um cinematográfico entrou na minha vida.”


(Trecho da autobiografia "Lanterna mágica")
 
Ingmar Bergman, oito anos hoje que partiu da ilha de Faro.

Nenhum comentário: