terça-feira, 9 de outubro de 2018

o universo em seu canto

Taiguara foi o compositor mais censurado da música brasileira. 68 canções foram proibidas pelo regime militar nas décadas de 60 e 70.
Exilado na Inglaterra, gravou um disco nunca lançado no Brasil, Let the children hear the music, tornando-se o primeiro cantor proibido a produzir um trabalho no exterior à época braba de ditaduras na América Latina.
Em uma viagem à Fortaleza, encantou-se com uma sereia cearense numa praia ainda distante e compôs Maria do Futuro.
Kleber Mendonça Filho soube com perfeição emoldurar o seu ótimo e tocante filme Aquarius, usando na trilha sonora a emblemática Hoje, faixa-título do disco que o cantor gravou no conturbado ano de 1969.
Taiguara partiu cedo, aos 50 anos. Ele nunca parava de ter esperanças, e por isso cantava. Hoje ele faria 73 anos de sonhos.
A exemplo de Taiguara, nestes tempos ameaçadores, entre o medo e a esperança, sigamos de mãos dadas.

Nenhum comentário: