terça-feira, 13 de dezembro de 2011

a luz dos olhos teus

 foto Arquivo Pessoal
Hoje é dia de Santa Luzia. A imagem dessa Santa é uma das mais fortes lembranças da minha infância, em Crateús, interior do Ceará, onde nasci e fui criado

Minha tia era devota e na parede do quarto onde eu dormia, era a primeira imagem que via ao acordar: batia um facho de luz que vinha de alguma telha quebrada. Nada mais sintomático: a jovem santa siciliana é protetora dos olhos, da visão, da luz. 
 
A minha impressão era que a Santa me abençoava a manhã, com a oferenda do par de olhos na bandeja.
 
Casa desfeita, parentes idos, herdei esse quadro e a saudade. Coloquei-o na cenografia dos meus dois primeiros curtas-metragens. Afinal, cinema precisa de luz.

9 comentários:

Mirna Liz disse...

Opa! Passo a ser devota...hj da santa Luzia...não havia me dado conta desse nome, Luzia, Luz....adorei! Que ela nos oriente sempre para a boa Luz! Abs, ML

Hercilia Callado Lopes disse...

Hoje tem que lavar os olhos com a água da chuva...

Adriana Paiva disse...

Santa Luzia, de certa forma, também fez parte de minha infância. Nasci míope e quando se descobriu o fato eu tinha por volta de cinco anos de idade. Lembro de minha avó, muito católica, frequentemente dizer que em suas preces pedia à santa que protegesse meus olhos.

Fabio Meireles disse...

Salve Sta. Luzia!

Dalva Sá disse...

Padroiera de Mossoró, está em festa a cidade!!

Simone Lima disse...

Nirton, incrível... Vivi essa mesma cena, na casa de minha avó mas tinha medo dos olhos no prato... Hoje também sou devota de Santa Luzia e a ela dedico minhas preces.

Eliane Silvestre disse...

pelo menos umas 500 curtidas....tb senti um gostinho de infância...tb vivi uma saudade ligada à ela...uma tia, que era diabética, gostava de receitar para todo mundo o Colírio de Santa Luzia...não sei se ainda existe.

Natália José disse...

Quando criança eu ficava encafifada com o fato de Santa Luzia ter os olhos no prato, mas também no rosto. Pra mim era milagre...

Antonio Marinho disse...

Nirton, como isso eh curioso. Minha infancia, ou parte dela, foi em Ipueiras, mesma regiao de Crateus. Na parede da sala da minha casa, onde normalmente os sertanejos poe os quadros dos santos, la estava ela. EH uma lembranca forte para mim tambem. O curioso, meu caro, eh que aqui em Ottawa, num restaurante perto do local onde trabalho e onde sempre vou para o almoco, la esta esse mesmo quadro, mesmissimo. Curioso, perguntei, ja sabendo, que santa era aquela. E o dono do restaurente, ITALIANO, veio me falar da santa protetora da visao...pode?