quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

a estética da cosmética

"A prisão estética em que o jornalismo da Globo está envolvido é tão grande, que eu não vejo forma alguma de fazer um trabalho bem feito: não há condição, porque há um problema não só político, é um problema estético. Isso eu acho uma coisa grave. Quero dizer que a censura estética é mais grave do que a censura política, e é terrível que as pessoas não se apercebam disso!"

Cineasta Eduardo Coutinho, em entrevista em 2003, atualissimo nestes tempos de "viuvez" de Fátima Bernardes. 

Coutinho, juntamente com outros cineastas, João Batista de Andrade e Paulo Gil Soares, dirigiram de 1975 a 1984, programas para o Globo Repórter. As imagens eram captadas em 16mm, tinham uma linguagem muito própria do cinema e uma surpreendente liberdade editorial.

Nenhum comentário: