quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

traço do arquiteto

"Esse imenso, desmedido amor
vai além de seja o que for
vai além de onde eu vou
do que sou, minha dor
minha linha do equador
esse imenso, desmedido amor
vai além de seja o que for
passa mais além do
céu de Brasília
traço do arquiteto"

Djavan, "Linha do Equador"

Nenhum comentário: