quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

a luz dos olhos teus

Hoje é dia de Santa Luzia. A imagem dessa Santa é uma das mais fortes lembranças da minha infância, em Crateús, interior do Ceará, onde nasci e fui criado.

Minha tia era devota e na parede do quarto onde eu dormia, e
ra a primeira imagem que via ao acordar: batia um facho de luz que vinha de alguma telha quebrada. Nada mais sintomático: a jovem santa siciliana é protetora dos olhos, da visão, da luz.

A minha impressão era que a Santa me abençoava a manhã, com a oferenda do par de olhos na bandeja.

Casa desfeita, parentes idos, herdei esse quadro e a saudade. Coloquei-o na cenografia dos meus dois primeiros curtas-metragens. Afinal, cinema precisa de luz.

Nenhum comentário: