quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

"Agora conheço / sua geografia / a pele macia / menina morena / teu sexo, teu lago / tua simetria / até qualquer dia / te amo, Brasília..."
                                                                                       Alceu Valença, "Te amo, Brasília"

Nenhum comentário: