terça-feira, 29 de junho de 2010

boys don't cry

"Born to cry" foi composta em 1962, por Dion DiMucci, um roqueiro bom-moço, norte-americano filho de italianos, que seguia os rastros dos cometas de Bill Harley, Ritchie Valens e toda a turma de gomalina e topete dos anos 50 e 60, que faziam "aquele rockzinho antigo que não tem perigo de ferir ninguém", como dizia o Rauzito Seixas.

No Brasil há várias e boas gravações, literalmente "Nasci para chorar", versão feita pelo fingido badboy Erasmo Carlos. Primeiro foi Roberto Carlos quando tinha uma lambreta, no disco de 1964, depois Fagner quando comprou um carro e parou na contramão da música cearense com o disco "O último pau de arara", tudo isso sem contar com o tremendo tapa na pantera que levamos com a interpretação visceral de Cássia Eller... Mas essa história da versão é também interessante na voz rouca de Toni Platão, aqui num show ano passado, gravado no disco de 2008.

Nenhum comentário: