quinta-feira, 26 de julho de 2007

a vida de Ulrich Mühe

foto Picture-Alliance/dpa

Conhecido internacionalmente somente a partir da consagração de "A vida dos outros" (Das leben der Andersen), Oscar de melhor filme estrangeiro deste ano, o ator alemão Ulrich Mühe teve pouco o que comemorar com a visibilidade fora do seu país. Assim que voltou da badalação em Hollywood, foi submetido a uma cirurgia no estômago para extirpar um câncer. Domingo passado, não resistiu e faleceu. Tinha 54 anos de idade e era idolatrado na Alemanha, não somente pelos quarenta filmes que fez, como também pelo seu trabalho no teatro.

No filme citado (foto), dirigido por Florian Henkel Von Donnersmarck, o ator interpreta um agente da Stasi – a polícia secreta da Alemanha Oriental – encarregado de espionar um casal de artistas. Ambientado em 1984, o longa-metragem mostra a afeição que esse personagem nutre pelos vigiados a ponto de correr risco de vida para protegê-los.

O curioso na relação do ator com esse filme é que ele pôde reviver parte da própria biografia. Assim como seu personagem descobre que a mulher se “vendeu” à Stasi, Mühe soube, tempos depois, que sua primeira esposa, a atriz Jenny Groellmann, havia trabalhado para a polícia secreta.

Nenhum comentário: