quarta-feira, 16 de março de 2016

ponto a ponto

"Pense Seurat e pense impressionista / essa coisa de luz nos brancos dentes e onda / mas não pense surrealista que é outra onda..." apontou Caetano Veloso em O estrangeiro, canção do disco homônimo lançado em 1989.
O pintor e desenhista francês do século 19, Georges-Pierre Seurat, foi o mestre do chamado pontilhismo, técnica que deu origem ao impressionismo.
A imagem da Baía de Guanabara, na analogia que o compositor baiano faz, sugere a lembrança de obras como, por exemplo, Seine at Grande-Jatte ou Port en Bassin, ao meu ver, por "essa coisa de luz nos brancos dentes e onda"...

Nenhum comentário: