sexta-feira, 25 de março de 2016

Leila para sempre Diniz

Bem antes de Demi Moore estampar seu barrigão na capa da revista Fanity Fair, em 1991, a nossa eterna Leila Diniz já exibia sua gravidez nas areias escaldantes da Praia de Ipanema, em 1971, aqui retratada pelo grande David Zingg, em seu estúdio.
Hoje ela teria vivido 71 anos, e com certeza seria a mesma beleza irreverente, marcante, personalidade ousada e corajosa que quebrou tabus e desafiou a ditadura militar com sua gravidez.
O poeta Drummond bem definiu a musa dizendo que "sem discurso nem requerimento, Leila Diniz soltou as mulheres de vinte anos presas ao tronco de uma especial escravidão."
E Rita Lee confirmou que desde então "toda mulher é meio Leila Diniz."

Nenhum comentário: