segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

imortalidade dos livros

Umberto Eco e o roteirista Jean Claude-Carrière publicaram em 2010 o oportuno Não contem com o fim do livro, uma abrangente discussão sobre a história e o futuro dos livros.
Os dois célebres autores percorrem cinco mil anos de existência dos impressos, defendem a imortalidade do objeto como o conhecemos, apesar dos e-readers e da internet.
Leitura imprescindível. Mesmo em e-book.

Nenhum comentário: