sábado, 20 de fevereiro de 2016

eco dos labirintos

O historiador católico brasileiro Orlando Fedeli, falecido há seis anos, publicou em 2010 o ótimo Nos labirintos de Eco, uma interpretação minuciosa e surpreendente do romance de Umberto Eco, O nome da rosa, 1980.
O autor relaciona o relato do clássico livro, passado na Idade Média e os acontecimentos históricos daquele período, com a história do nosso século 20.
A ação da Igreja Medieval e sua influência cultural, política, econômica e social na Europa Ocidental, o predomínio intelectual dos monges da época, as violências sexuais, os conflitos no seio dos movimentos heréticos do século XIV, a luta contra a mistificação, o poder e o esvaziamento dos valores pela demagogia. Tudo na atualização dos aplicativos destes tempos de Idade Mídia.
Aborda ainda, de forma inesperada, as relações de ideias do escritor italiano com o argentino Luis Borges.

Nenhum comentário: