sábado, 19 de dezembro de 2015

poeta passarinho

"Não saio de dentro de mim nem pra pescar", dizia Manoel de Barros lá pelo meio do poema O livro sobre nada.
O poeta termina dizendo que "não preciso do fim para chegar. / Do lugar onde estou já fui embora."
Hoje Manoel completaria 99 anos pescando passarinhos.

Nenhum comentário: