sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

não curti

 
Corro o perigo de ser banido do Facebook, mas vou ser sincero: o filme "A rede social" (The social network), sobre a tragetória de Mark Zuckerberg, criador desse maravilhoso site de relacionamento, é uma chatice. 

Por mais que o diretor David Fincher tenha mostrado o personagem de forma verdadeira, e explorado sem arrodeios esse asséptico mundinho burguês dos nerds, a narrativa verborrágica é extremamente cansativa e repelente. 

Foi o grande ganhador do Globo de Ouro, uma prévia do Oscar. E vai ganhar muitos prêmios da Academia este ano. O que não quer dizer absolutamente nada em termos de Cinema, e sim de bilheteria.

2 comentários:

Clara Angélica Porto disse...

bom so se vc quiser tirar um ronquinho no escurinho do cinema. ja biutiful, de iñarritu com javier barden, e maravilhoso. chorei rios e mares... tenho q ver de novo e de novo, sou daquelas que não se farta qdo gosta

Ricardo Augusto disse...

Mas esse titulo é ótimo! E também vale ao contrário: você não faz uns poucos amigos sem ganhar um bocado de inimigos! Amigos e inimigos vêm no mesmo pacote!