sábado, 8 de janeiro de 2011

atrás da porta...

Minha avó era costureira no interior cearense. Quando menino eu espiava, atrás da porta, as senhoras provarem as roupas que usariam na missa de domingo...

8 comentários:

Lúcia Menezes disse...

Coisas de meninos rsrsrsrsrsrs tava brechando, né?

Maísa Matos disse...

Nirton, você foi um moleque seletivo, existiam aqueles que espiavam por baixo das saias das serviçais....

Sidney Souto disse...

Danado!

Paulo Kauim disse...

mirando películas

Lana Soraya disse...

safadinho...rsrrs

Deborah Dornellas disse...

Cena de filme.

Izaira Silvino disse...

menino danadinho!!!!!! se a mãe pegasse... respeite a pêia!!! hahahahahahahahahahahahaha!!!!!!!
ainda há pouco conversei com o fesson, que está vindo dasorópa (amsterdam). amanhã é almoço na casa do renato!
o cariri é mais animado porque ele...s existem por cá!
beijos

Selma Ginez Albano disse...

Poxa, me tocou essa história de avó, costuras e as frestas que miram um passado feito: ora à mão, ora sim,ora não... mas sempre emendando as rugas do tempo que imprimem eu seu tecido do agora as horas desta devagação.