terça-feira, 14 de novembro de 2006

o cinema e sua história

Enzo Staiola e Lamberto Maggiorani em "Ladrões de bicicleta" (Ladro di biciclette), de Vittorio De Sica, 1948. Foto acervo Nirton Venancio

Foi lançado recentemente o livro História do Cinema Mundial, organizado por Fernando Mascarello, da Papirus Editora, pela Coleção Campo Imagético. O livro é ótimo. Tem 432 merecidas páginas.
O objetivo é disponibilizar ao leitor uma fonte bibliográfica inovadora, em língua portuguesa, para o estudo da história do cinema mundial. São apresentados 17 momentos-chave da trajetória internacional da sétima arte, com significativo grau de detalhamento, em capítulos específicos – cada qual elaborado por um pesquisador brasileiro especializado no assunto.

Embora preparados por diferentes autores – do que resulta uma intencional pluralidade de olhares –, os textos mantêm uma deliberada uniformidade metodológica. Têm todos, primeiro, um caráter eminentemente didático – ao qual se articula, na maioria dos casos, o viés ensaístico particular de cada autor. Em segundo lugar, por razões de espaço, a análise recai fundamentalmente sobre a história estética, a qual se procurou devidamente contextualizar em termos econômicos, tecnológicos, políticos e socioculturais, para não incorrer em uma ingênua “história dos filmes”.

Por fim, cada capítulo contempla – respeitando as peculiaridades de seu objeto – uma série de elementos fundamentais da cinematografia sob estudo: o já referido contexto histórico-cinematográfico de produção e recepção, as características estilísticas, narrativas e temáticas “definidoras”, os principais filmes e cineastas e o significado do movimento, gênero ou vertente para a história posterior do cinema.

Mais informações na página www.papirus.com.br

2 comentários:

Ailton disse...

Parece interessante o livro. Mas não são poucas páginas pra um assunto tão grande?

Nirton Venancio disse...

o livro tá bem condensado, Ailton. Claro, um segundo volume seria ótimo. E creio que essa é a idéia da editora.