quinta-feira, 9 de novembro de 2006

cinema com nome e sobrenome

Marcelo Gomes. Foto Paloma Varón

Em um debate no Centro Universitário Senac, em São Paulo, o cineasta Marcelo Gomes, autor do ótimo “Cinema, aspirinas e urubus”, arrancou aplausos calorosos.

Depois de exibir trechos de seu filme - que disputa vaga de finalista ao Oscar - ele mostrou-se uma pessoa com um raro senso de humor.

Ao definir o método de trabalho dos atores, saiu-se com o criativo neologismo "sertanislavski" . Algo como "sertão" + "Stanislavski"

Contou, depois, que uma repórter de rádio, em João Pessoa, Paraíba, ainda na fase de filmagem, perguntou a ele:
- Qual é o nome do seu filme?
- "Cinema, aspirinas e urubus"
- Sério?

- Sim!
- Há no elenco algum ator de renome?
- Bem, todos têm nome e sobrenome, já renome...

3 comentários:

Roberto Queiroz disse...

Cinema, aspirinas e urubus é realmente um excelente filme, mas não sei porquê gostaria de ter visto o Cacá Diegues esse ano na lista dos indicados ao Oscar. Adorei O Maior Amor do Mundo. Achei o filme com cara de festival. Não sei... talvez seja cisma minha. Abraços do crítico da caverna cinematográfica.

Claudio Eugenio Luz disse...

Meu caro, a resposta foi a altura!!!

hábraços

Fulano Sicrano disse...

Nirton, obrigado pelos comentário elogioso ao Um Que Tenha. Massageia o ego, mas aumenta a responsabilidade. Abraços e apareça, pois, como eu adoro a sétima arte, vou aparecer sempre.