terça-feira, 27 de setembro de 2011

rock in Brasilia

Desde que acompanho o Festival de Brasília do Cinema Brasileiro a noite de abertura de ontem foi uma das mais emocionantes. A exibição do filme convidado, "Rock Brasilia, a era de ouro", de Vladimir Carvalho, magnetizou a plateia que lotava a enorme sala Villa-Lobos do Teatro Nacional

O documentário é um recorte da história do rock no Brasil que se fez na Capital no fim dos anos 70 e começo dos 80. Centrado nas principais bandas que nasceram na cidade, Legião Urbana, Capital Inicial e Plebe Rude, o filme traz depoimentos dos integrantes e imagens de época pouco conhecidas. Contando a história daqueles jovens do Planalto Central, Vladimir faz uma comovente "arquelogia" de uma geração de adolescentes que fazia música com "o vento forte, seco e sujo em cantos de concreto", uma forma de romper o isolamento cultural da cidade. 

E numa colagem com versos do Drumond e Renato Russo, o que senti após a exibição é que uma flor furou o asfalto, o tédio e se fez música urbana pelo resto do país.

Nenhum comentário: