sexta-feira, 16 de abril de 2010

buliram muito com o planeta


Tsunamis, terremotos, inundações, desmoronamentos, e agora erupção de um vulcão adormecido há 200 anos na fria Islândia de Björk, lançando cinzas com seis mil metros de altura, impedindo o tráfego aéreo em vários países do norte da Europa.
O planeta está incomodado com seus habitantes.

Lembrei-me agora do Maluco Beleza: "buliram muito com o planeta / e o planeta como um cachorro eu vejo / se ele não aguenta mais as pulgas / se livra dela com um sacolejo", na música "As aventuras de Raul Seixas na cidade de Thor", vaticinada em 1974, quando o mundo ia acabar por volta de 2000... 

Um comentário:

Selma Santiago disse...

O homem faz o que quer com o planeta, não há uma preocupação em se conscientizar que é aqui nossa casa.