quinta-feira, 13 de novembro de 2014

menino passarinho


Para mim poderoso é aquele que descobre as / insignificâncias (do mundo e as nossas). / Por essa pequena sentença me elogiaram de imbecil. / Fiquei emocionado. / Sou fraco para elogios.

― Manoel de Barros, trecho do poema 'Tratado Geral Das Grandezas Do Ínfimo'


As coisas não querem mais ser vistas por pessoas razoáveis: / elas desejam ser olhadas de azul / - que nem uma criança que você olha de ave...

- Manoel de Barros


Hoje ele saiu pra pescar outros passarinhos...



  Manoel se esqueceu de se atrasar hoje... 


 E você, Manoel, monumentou a Poesia.


"Só dez por cento é mentira", documentário dirigido por Fábio Fabuloso, 2008, sobre a vida e obra do sulmatogrossense Manoel de Barros. Com lúcidos e bem humorados 91 anos de idade, à época, o autor é considerado o poeta mais original em língua portuguesa. O filme é uma espécie de desbiografia, "mentiroso" na porcentagem certa.

Ele continuou passarinho hoje. E essa sua "mentira" é cem por cento verdade. Minha lágrima molha seu chão...



O retrato do Poeta enquanto livro.

Nenhum comentário: