terça-feira, 27 de fevereiro de 2007

o avesso do Oscar

a bela Sharon Stone em "Instinto selvagem 2". Foto Intermedia Films

Sábado passado, na véspera da entrega do Oscar, as atenções dos cinéfilos voltaram-se para o Framboesa de Ouro (Prêmio Razzie), que elege com irreverência e escracho os piores do ano anterior em Hollywood.

Na edição 2007, o filme "Instinto selvagem 2" (Basic instinct 2), de Michael Caton-Jones, teve a "honra" de se transformar na produção de maior destaque na 27ª edição do premiação. Estrelada por Sharon Stone, a continuação que se revelou um fiasco de bilheteria levou sete Framboesas, empatando com a comédia "O Pequenino" (Little man), de um tal Kennen Ivory Wayans, nas categorias pior filme, diretor, atriz e roteiro. Até os seios “assimétricos” de Sharon Stone foram lembrados na hora da votação. O que é isso! A belíssima Sharon Stone vale o filme!

Criado em 1980 por um crítico de cinema que não agüentava mais assistir a tanta bomba lançada pelos grandes estúdios, hoje, o Framboesa de Ouro é o avesso do Oscar, embora alguns filmes cheguem a figurar nas duas premiações. É o caso de "Poseidon" (Poseidon), de Wolfgang Petersen, que concorreu ao Oscar de melhores efeitos especiais e levou uma Framboesa como o pior remake ou imitação barata de "O destino do Poseidon" (The Poseidon adventure), rodado em 1972, sob a direção de Ronald Neame e um clássico no gênero.

Entre os principais ganhadores (ou perdedores?) está o chatíssimo "suspense" "A dama na água" (Lady in the water), que conquistou as categorias de pior ator coadjuvante e diretor, ambos para o consagrado M. Night Shyamalan, autor de um outro filme que é bem melhor, "A vila" (The village).

No geral, o Framboesa é um prêmio temido pelos produtores e atores, mas muito aguardado pelo público em geral, que se diverte com suas indicações e brincadeiras.
Os prêmios são outorgados pelos 757 membros da Fundação Framboesa de Ouro e registrados nos Estados Unidos e em outros 12 países. A estatueta está avaliada em cerca de US$ 5 (cinco dólares!) e os vencedores, claro, não costumam assistir à cerimônia de entrega.

Nenhum comentário: