terça-feira, 26 de março de 2013

Baker


Duas excelentes obras sobre o grande trompetista e cantor de jazz Chet Baker: a biografia "No fundo de um sonho - A longa noite de Chet Baker", escrita pelo jornalista James Gavin, publicada em 2002, e "Let's Get Lost", documentário dirigido por Bruce Weber. 

São referências definitivas sobre Baker. Nas páginas de um, nas imagens do outro, se se conhece a música do ícone do jazz cool, impossível não se emocionar com os relatos, os depoimentos, as entrevistas. 

No filme, concluído um ano antes de sua morte em 1988, aos 58 anos, o diretor grava longos planos de um Baker mais introspectivo do que se sabia. O seu olhar distante, o mergulho em suas dores. A câmera parece não estar ali. O cineasta e o músico eram amigos, e isso rendeu a intimidade necessária para extrair a mais verdadeira fala, o mais sincero silêncio.

Nenhum comentário: