quarta-feira, 3 de abril de 2013

ser o que se é


"O máximo é ser o que se é. Seja o que for. E por isso Daniela Mercury merece ser louvada. Ela assumiu ela mesma. Não assumiu namorada nenhuma; ninguém assume outra pessoa. Assumir é reconhecer, é declarar-se.
Pra mim ela já era o máximo. Não vai passar a ser por ter 'se assumido' homo.

É que ainda estamos tão atrasados por aqui que vibramos com direitos básicos." 
(Gilberto Machado Jr.)

Nenhum comentário: