sexta-feira, 14 de setembro de 2012

my funny Baker

Uma foto pouco divulgada no grande trompetista e cantor de jazz Chet Baker, um dos meus anjos tortos favoritos. Nesta sexta amanheço ouvindo Baker no ar... "The thrill is gone"... "Look for the silver lining"... sua voz íntima em "My funny Valentine". Um artista que eu queria muito ter visto e ouvido de perto. Lembro-me quando ele esteve no Brasil em 1985 para apresentações no Free Jazz Festival e minha frustração de não poder ir. Naquele ano Baker tinha na banda dois músicos brasileiros, o baixista Sizão Machado e o pianista Rique Pantoja, com quem gravou o ótimo disco "Chet Baker & The Boto Brasilian Quartet", no começo dos anos 80 e depois gravaram juntos "Chet Baker & Rique Pantoja", igualmente ótimo.

A passagem de Chet Baker pelo Brasil só é lembrada pelo problema que ele teve com drogas no Hotel Maksound Plaza. A imprensa noticiou o show como decepcionante, frustrante. Conheço pessoas, amantes insuspeitos do jazz, que viram o show e têm outra opinião: um momento inesquecível, impecável.

A foto é de Pieter Boersma, 1975, e está no livro "No fundo de um sonho - A longa noite de Chet Baker", biografia definitiva escrita por James Gavin, 2002.

Nenhum comentário: