sábado, 23 de julho de 2011

Amy, no, no, no!


10 comentários:

horacio disse...

Bem que a Amy poderia ter dito I go, I go, I go! Fui ingênuo e pensei que ela ia continuar "brincando" e nos deliciando com a sua música e sua voz única.

Clara Angélica Porto disse...

Estou arrasada. Se foi surpresa, se já esperava, tudo isso que a gente já sentia, já temia, já falava, mas quando chegou a hora, nem pude acreditar. Estava fazendo a cama, liguei a TV e fiquei parada, patética, com um travesseiro e uma fronha nas mãos. Acho que você lembra aqui mesmo eu jogando clips dela, acho que inclusive com comentários seus, afirmando que ela era A MELHOR DO MUNDO. E ela foi A MELHOR DO MUNDO, e muito tempo vai passar até que outra cause o mesmo impacto. 27 anos. Uma quase criança, meu Deus... 27 anos tinham outrosm Jimmy Hendrix e Kurt Cobain. 27 anos tinha Jean Michel Basquiat. Nick Drake tinha 26, quase 27, vá ver que é porque fez a primeira canção ainda no útero, onde chorou... Nick se suicidou para parar a dor. Os outros, todos foram na overdose, como também, provavelmente, Amy. Só sei que chorei e continuo chorando no coração. Estou ouvindo o CD dela, que voa poderosa, que melodias, que cantar... Por que alguém tão especial, tão belo, com tanto talento, se vai assim, tão cedo... Nossa perda. Perda para o mundo, que não vai mais ouvir uma nova canção... Estou de luto.

Clara Angélica Porto disse...

Não esqueci dela não, é que fiz uma correção e deletou uma frase inteira, mas 27 anos tinha Janis Joplin

Simone Sodré disse...

Sinto o mesmo, Clara.

Clara Angélica Porto disse...

que bom, simone... dá um conforto... sabia que todas as pessoas para quem liguei, ninguém estava tão sentido como eu, de uma maneira pessoal... mas fiquei feliz que encontrei aqui pessoas tão afetadas quanto eu com a perda de amy...

Simone Sodré disse...

Nossa, eu senti demais... Do mesmo jeitinho que vc descreveu. Algo me fazia sentir uma urgência por novas canções, e eu sabia o que era. Mesmo assim, senti muito mais esse buraco na música. Ela, tão ímpar! Nem posso compará-la...

Clara Angélica Porto disse...

fantástica... o pai dela falou q nas últimas semanas ela estava tão melhor, a família estava feliz, cheia de esperança... a alegria era já a luz do fim...

Simone Sodré disse...

Lindo. "... a alegria era já a luz do fim..." Tocante. Gostei do fim com reticências e com luz. BRAVO!!!! Minha filha veio ler. valeu, Clara.

Clara Angélica Porto disse...

estou escutando ela agora... em lágrimas... acho que estou aproveitando para chorar minhas próprias lágrimas contidas...

Simone Sodré disse...

Ah se eu soubesse cantar... Iria espiar a festa no céu pela fresta e tentar uma "canja"!