segunda-feira, 27 de junho de 2011

cinema gratificante

 
 foto Iluminuras Filmes
"Assim como o belíssimo cinema de Andrei Tarkovsky me interessa bastante, o cinema cearense me interessa também. Vou te dar um exemplo, o curta-metragem 'Um Cotidiano Perdido no Tempo', de Nirton Venancio, realizado em 1988, me encantou pela sua beleza e sensibilidade, quando eu tinha apenas vinte anos de idade e estava me decidindo se iria ou não fazer cinema."

Não costumo propagar citações que fazem ao meu nome... sou meio esquisito pra isso. Mas hoje me permito a esse deslize: fiquei comovido com a menção que o cineasta Petrus Cariry fez ao meu filme em entrevista ao site SobreCinema, sobre o seu novo longa "Mãe e filha" (foto) e suas influências cinematográficas.
É muito gratificante ter um trabalho como referência ao bom cinema que está se fazendo.
Entrevista completa aqui.

Um comentário:

Ester Bandeira disse...

Bem merecido,este curta é lindo .